O Movimento Fashion for Better

O Movimento Fashion for Better

Quando foi que o luxo perdeu a sua essência?

Nos tempos atuais, resgatar a mão de obra digna de artesãos se tornou uma necessidade. Ao longo dos anos, o trabalho manual tem sido desvalorizado por um mercado que visa apenas o lucro, deixando a ética de lado. O Fashion for Better nasceu com o propósito de garantir a procedência da mão de obra e foi criado para os consumidores que desejam, além de investir em um produto com design impecável e de boa qualidade, usar o seu poder aquisitivo para se posicionar a favor da dignidade da vida. A nobreza de um produto de luxo não deve ser pautada apenas pelo preço pago, mas também por todo o processo envolvido em sua criação e execução. Inocentemente, acabamos sendo cúmplices de um tráfico de trabalho escravo mal remunerado e, a propósito, nada glamouroso.

Mapeando toda a cadeia produtiva, o Fashion for Better criou o selo Fair Fashion, que garante o respeito e a valorização desde a matéria-prima até a remuneração final dos artesãos, que passam a receber pagamentos justos de acordo com o piso salarial de cada localidade, reacendendo, assim, a paixão e a tradição de diversas comunidades pelo handmade. O consumo consciente já não deve ser nomeado como apenas mais uma opção, e sim, como o futuro do mercado de luxo no Brasil e no mundo.

Institucional

O Fashion for Better é um movimento pela consciência dentro da indústria da moda. Cansados da exploração do trabalho infantil, do trabalho escravo e de práticas antiéticas, queremos levantar a bandeira da consciência da produção de moda no mundo. Com o intuito de fiscalizar e incentivar a produção de moda saudável e ética, o Fashion for Better criou um selo de qualidade, o Fair Fashion. Por meio do mapeamento da mão de obra artesanal no Brasil, do desenvolvimento de produtos que aliam o design com materiais alternativos e um padrão de exigência extremamente rígido para comercialização do nosso selo Fair Fashion, o Fashion for Better possui três valores fundamentais: a sustentabilidade, o empoderamento e a dignidade.

Para que se propõe

Mapeando toda a cadeia produtiva, o Fashion for Better criou o selo Fair Fashion, que garante o respeito e a valorização desde a matéria-prima até a remuneração final dos artesãos, que passam a receber pagamentos justos de acordo com o piso salarial de cada localidade reacendendo, assim, a paixão e a tradição de diversas comunidades pelo handmade. A proposta é capacitar, desenvolver, valorizar e garantir boas condições de trabalho ao artesanato brasileiro, atestando sua qualidade e competitividade no mercado internacional. Acreditamos em uma economia criativa, em que se passa know-how entre designers e artesãos, todos trabalhando e ganhando juntos.

Como funciona

O Fashion for Better é um movimento que se concretiza através do nosso selo físico Fair Fashion. Nós trabalhamos com duas possibilidades:

  • Desenvolvimento de produtos e coleções com materiais alternativos e sustentáveis, mão de obra eticamente remunerada, unindo, assim, o design com a sustentabilidade. Nesse caso, o cliente pode já ter o design do seu produto e se aliar ao Fashion for Better para buscar materiais alternativos e mão de obra com procedência ética ou, se preferir, desenvolver todas as etapas de produção com o know-how de nossa equipe.
  • Comercialização do selo Fair Fashion, apenas para as coleções que seguem à risca todos os itens presentes no estatuto Fashion for Better.

Nossa Origem

A ítalo-brasileira Francesca Giobbi iniciou a sua carreira aos 18 anos em Milão na luxuosa grife Versace. Ao longo de sua trajetória, atuou em marcas de moda consagradas, como a Prada, Gucci, Armani e Sergio Rossi. Há aproximadamente uma década, lançou no Brasil a sua própria marca de calçados de luxo, que imprimem em suas texturas, formas, cores e bordados o seu extremo bom-gosto estético e expertise manual. Em uma de suas viagens para pesquisa, Francesca se deparou na Índia com uma triste, porém existente, realidade: Calçados de grifes luxuosas e tradicionais produzidos em condições de trabalho desumanas. Agora, em outra fase de sua vida pessoal, já mãe de três filhos, a designer simplesmente não aceitou ser conivente com a discrepância de se vender calçados por valores tão altos ignorando por completo as circunstâncias em que os artesãos, os verdadeiros fazedores de luxo, trabalham. Grande fã do trabalho manual, a designer começou em Julho de 2015 a desenvolver uma linha própria junto a artesãs brasileiras, principalmente das regiões Sul e Sudeste do país, com o intuito de, além de apresentar um produto diferenciado, valorizar a tão rica e multiétnica cultura nacional de forma justa e sustentável. A equipe de produção do Fashion for Better é formada por bordadeiras, costureiras, sapateiros, estilistas e fábricas de calçados parceiras.

Nossa Missão

Mudar a dinâmica do mercado de moda com base na exploração, proporcionando uma opção digna e ética para o consumidor final. Resgatar o handmade e ser o elo entre os artesãos e a indústria da moda. Certificar e qualificar o trabalho manual brasileiro. Participar da criação de produtos que despertam desejo com um design de primeira qualidade, porém, fabricado de maneira sustentável. Trazer para o consumidor final o poder de escolha, através do selo físico Fair Fashion, de investir em um produto elaborado com ética e respeito do início ao fim, tanto ao meio ambiente quanto aos trabalhadores envolvidos em sua confecção.

Objetivos

  • Colaborar para o fim do trabalho escravo na moda;
  • Ser o elo entre o trabalho artesanal e a indústria da moda;
  • Estimular a transmissão do trabalho manual entre gerações;
  • Empoderar pequenos grupos de mulheres artesãs;
  • Desenvolver produtos-desejo aliando design com sustentabilidade;
  • Oferecer alternativas sustentáveis para o consumidor final.
  • Difundir mundialmente os princípios do comércio justo;

Fotos: Claudia Lopes