Como ser mais transparente?

Como ser mais transparente?

A C&A, associada da Aberje, lança sua mais nova ação em prol da sustentabilidade: o C&A Fashion Futures. O projeto promove a produção de uma série de quatro documentários, onde a C&A convida o público, principalmente o jovem, (mais consciente sobre os impactos de suas ações no mundo) a pensar sobre o futuro da moda e de que forma podemos tornar a indústria mais sustentável.

O projeto foi divido em quatro ciclos. O primeiro deles foi um evento ocorrido no dia 18 de agosto que abordou o tema: “Como ser mais transparente?”. Neste tema foi questionado como a transparência influencia a relação entre as pessoas, a sociedade e o planeta. Os convidados foram Paulo Correa, CEO da C&A Brasil; Ronaldo Lemos, advogado, professor e um dos criadores do Marco Civil da Internet; Marina Colerato, criadora da Modefica, primeira plataforma de moda e comportamento transdisciplinar com foco em sustentabilidade; Luiza Brasil, jornalista de moda e criadora da plataforma Mequetrefismos. Além deles, um time de jovens criativos formado por Lidia ZuinPaola Penna, Larissa Odrië (Ulevus)Jaci Araújo embarcaram na conversa, mediada por Giovanna Nader.

A cada ciclo, será lançado um episódio da série documental C&A Fashion Futures. Seus capítulos dialogam com os temas abordados pelos convidados e trazem personagens com diferentes perspectivas. Dirigida pelo cineasta carioca Breno Moreira, a série narra a realidade de jovens que estão provocando mudanças, com transformações na indústria da moda. Junto com o evento inaugural deste ciclo de encontros e diálogos, foi lançado o primeiro minidocumentário produzido para a plataforma – “Ciclo 1: Transparência”.

Como parte desse compromisso, a C&A lançou, em 2018, a campanha global #VistaAMudança (#WearTheChange), que convida os clientes a participarem dessa jornada de construção de uma moda com impacto positivo. Para reforçar os compromissos da marca e abrir o debate ao público jovem, a C&A Brasil faz agora o lançamento do projeto Fashion Future. Olhar para dentro, para os lados e para frente. Esta é a intenção dos quatro ciclos que compõem o projeto C&A Fashion Futures.

Desde 2009, a empresa vem empreendendo ações neste sentido e, em 2015, essas iniciativas foram estruturadas em três pilares de atuação: Produtos Sustentáveis, Rede de Fornecimento Sustentável e Vidas Sustentáveis, que dão forma à sua Plataforma Global de Sustentabilidade, com metas alinhadas ao negócio que vão até 2020. As iniciativas da marca estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, e, nos últimos cinco anos, o tema ganhou ainda mais relevância na companhia e o projeto obteve 70% de aumento em seu investimento.

É importante uma empresa do porte da C&A trazer esse assunto à tona e atingir mais e mais consumidores. A moda sustentável é pouco discutida na indústria e quando uma grande empresa abraça a causa, maior o benefício para o meio. É de extrema importância envolver as pessoas, pensar maneiras para tornar a moda mais próxima à sociedade e eliminar os problemas causados pela cadeia produtiva.

 

*Foto retirada da internet

Related Posts