Fios de papel, uma solução sustentável e sofisticada para fabricar tecidos e roupas

Fios de papel, uma solução sustentável e sofisticada para fabricar tecidos e roupas

A população mundial está aumentando e muitas pessoas estão melhorando seu padrão de vida, o que também resulta em um aumento do consumo de produtos. À medida que a procura por tecidos e roupas cresce, aumenta-se também o consumo de algodão e fibras de petróleo que exigem muita água, energia e produtos químicos para ser produzidos. É urgente encontrar alternativas mais sustentáveis para fabricar roupas e tecidos, por isso, os fios de papel feitos da fibra do abacá (um tipo de bananeira) e celulose de madeira, estão surgindo como um futuro possível para a indústria da moda.

Há muitas vantagens em utilizar o papel como matéria-prima para a produção de fios pois ele é um material renovável e biodegradável feito de celulose. Mas a demanda por papel está diminuindo porque muitas pessoas atualmente leem as notícias e pagam suas contas na Internet, criando um excesso de capacidade na indústria de celulose e papel. Esta indústria está à procura de novas oportunidades de negócios e a solução seria a produção de fios feitos de papel por ser mais sustentável que o algodão e fibras sintéticas de petróleo, sendo utilizado para fabricar tecidos para moda e decoração de forma industrial ou artesanal.

O processo de fabricação do fio de papel não utiliza substâncias perigosas e pode ser reciclados biologicamente. Nas Filipinas e Equador, o fio de papel é obtido do abacá ou cânhamo de Manila que é cultivado, colhido e enviado para o Japão e Coreia do Sul, onde o papel é produzido. Há séculos no Japão existe um tecido chamado “Shifu” que é feito de Washi, um papel japonês feito da casca interna do Kozo ou Mitsumata e Gampi, misturado com seda ou algodão. As pessoas utilizavam o Shifu para fazer suas roupas. A empresa japonesa Oji Fiber Company se inspirou neste fio sustentável que costumava ser caro e difícil de produzir em massa para cria o fio de papel OJO +.

A Oji Fiber criou sistema de produção em massa unindo a tecnologia de ponta e tradicional, transformando as fibras do abacá em fios de papel muito finos e baratos em seu inovador processo de fabricação de fios. Os fios de papel OJO + são feitos de fibra natural, são fortes, finos e homogêneos, porque são cortados a partir de 1,2 a 6 milímetros de largura para em seguida serem torcidos em fios. Como a fibra do abacá é relativamente longa em comparação com a fibra de madeira, a planta é apropriada para o material de Ojo + cujo fio é adequado para ser combinado com outras fibras e poderia ser aplicado a vários campos, como vestuário, decoração de interiores.

Roupas feitas com fios de papel são uma antiga tradição no Japão mas agora no século XXI este fio de papel natural e sustentável está no centro das atenções novamente. Como o processo de fabricação de fios de papel é definitivamente diferente do fio de fiação convencional ou fio de filamento, deve ser chamado de “a Terceira forma de fabricação de fibra”. Os produtos feitos de materiais biodegradáveis estão agora se tornando comuns e o OJO + pode ser decomposto no solo quando descartado.

 

Fonte: Stylourbano

Related Posts